Serviços

    Acompanhamento de pacientes com:

  • Pressão Alta; Diabetes; Colesterol e Triglicérides altos.
  • Cardiopatias e arritmias;
  • Acamados ou com dificuldade de locomoção;
  • Acidente vascular Cerebral ( AVC ); Doença de Alzheimer; Mal de Parkinson;
  • Em pós-operatório;
  • Depressão; Ansiedade e Doença do Pânico.
  • Diagnóstico e tratamento de Infecção Urinária; Otite ( dor de ouvido); Odinofagia (dor de garganta ); Sinusite e Infecção de vias aéreas respiratórias.
  • Solicitação e avaliação de check-up;
  • Avaliação de capacidade física.

Hipertensão arterial (Pressão Alta)

No nosso cotidiano conhecemos diversos pacientes hipertensos, mas raramente paramos para pensar, afinal de contas você sabe o que é Hipertensão arterial? Todo paciente com pressão alta é hipertenso?

Como o nome diz, a ideia central é a presença de níveis pressóricos elevados, geralmente igual ou maior a 140x 90 mmhg. Porém no dia-a-dia durante atividade física ou um período de estresse, a pressão arterial, pode se elevar. Trata-se de um mecanismo adaptativo do organismo, mas não pode-se afirmar que seja Hipertensão Arterial Sistêmica. Esse diagnóstico requer níveis de pressão sustentadamente elevados, ao ponto de aumentar os riscos cardiovasculares fatais ou não fatais. Daí a importância de um acompanhamento regular, com o objetivo de obter-se um diagnóstico precoce, evitando as complicações da doença.

Diabetes Mellitus (DM)

DM é um desordem metabólica crônica decorrente do estado de hipoinsulinismo, ou seja, uma deficiência relativa ou absoluta na produção da insulina.

Sabe-se que o número de casos de DM, aumentou acentuadamente em todo mundo nos últimos anos. Em 1985, eram 30 milhões de casos e em 2010, chegamos ao patamar de 285 milhões! Sendo esse aumento muito mais significativo para o Diabetes tipo 2, devido sua associação com a obesidade e o sedentarismo.

Assim como a hipertensão arterial, o diagnóstico e tratamento precoces do DM, conseguem evitar complicações graves para o paciente.

O Acidente Vascular Encefálico (AVE)

O Acidente Vascular Encefálico (AVE), representa uma das principais causas de óbito no Brasil, podendo ser isquêmico em (80% dos casos) ou hemorrágico. Além das mortes provocadas pela doença, ela costuma deixar sequelas na maioria dos sobreviventes. Hipertensão Arterial e fibrilação arterial, estão entre os principais fatores de risco. Por isso, um seguimento médico de qualidade é de fundamental importância para prevenir novos eventos, assim como minimizar os danos causados por possíveis sequelas.

Infecção do Trato Respiratório

A tosse nada mais é do que um tipo diferenciado de expiração. Na verdade, uma expiração explosiva com o objetivo de promover a limpeza de secreções e corpos estranhos da árvore traqueobrônquica. Ela pode ser classificada de acordo com o tempo de duração em aguda, subaguda e crônica. O diagnóstico da sua causa destaca-se como essencial para o tratamento correto da doença.

Infecção do Trato Urinário ( ITU )

Conhecida popularmente com infecção urinária, é um quadro infeccioso que pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário (rins, bexiga, uretra e ureteres), sendo mais comum na parte inferior do trato urinário ( bexiga e uretra). Possui como sintomas mais comuns a ardência ao urinar, dor pélvica e aumento na frequência das micções, porém nem sempre o paciente com infecção urinária apresenta sintomas.

A ITU é uma das condições mais frequentes nos serviços de saúde e sua recorrência e gravidade, necessitam de acompanhamento médico regular.